Série: Me formei e agora? - Como se candidatar às primeiras vagas

01:32


 Olá Queridos!!!
 Como estamos? Espero que muito bem!

  Hoje trago a vocês um tema bastante relevante: Depois da formatura, como se candidatar às vagas do mercado? Faço parte de vários grupos de estética no WhatsApp e após ver uma oportunidade de emprego, aproveitei para encaminhar ao grupo das meninas que se formaram junto comigo, uma delas teve grande interesse e fez uma série de perguntas muito pertinentes. Eu esclareci as dúvidas, dei um empurrãozinho, ela aparentou ficar muito satisfeita com meu posicionamento, me agradeceu e eu pensei: Por que não falar sobre isso? Afinal, a dúvida de uma, é na maioria das vezes, a dúvida de muitas. 

  Durante o nosso período de curso, projetamos diversas coisas, pesquisamos várias possibilidades, fechamos verbalmente parcerias com as nossas colegas de maior afinidade, tudo parece ser perfeito ou que será perfeito. Mas ao se aproximar da data de entrega no canudo, é normal bater aquele desespero de "Mas eu só estagiei na clínica do curso/faculdade", "Ainda não estou segura", "O mercado exige pessoas com experiências" e o famoso "E agora?". Esse desconforto é ocasionado, acreditem, por nós mesmos, quando passamos a nos cobrar pelo o que a sociedade nos empurra, seja a família dizendo "Eee já está acabando" ou o colega do curso perguntando se já estamos em busca de um estágio, vaga de auxiliar ou até mesmo se já temos "algo certo em vista", isso gera em nós uma ansiedade desnecessária e um pré-desespero PRÉocupante. Bem, mas sobre essas dúvidas e cobranças que surgem quando estamos perto da formatura, é pauta para outra postagem. 

  A minha querida colega, fez perguntas que nos propõe uma meditação, preparo psicológico, emocional e maturidade, pois o ingresso de um recém formado no mercado de trabalho pode ser duro, árduo e quem sabe, até um pouco traumatizante. Muitos são os desafios no caminho, o cansaço psicoemocional começa a se manifestar e em seguida somos tentados a assumir qualquer vaga de emprego que não esteja dentro do setor estético. Acabamos desmotivados e tristes com a profissão que escolhemos. É certo que, infelizmente, existem vagas que buscam uma "atividade exploratória" para os recém-formados e o medo de não conseguir "algo melhor", nos leva a aceitar um emprego com alta carga horária, baixa remuneração e quase nenhum benefício. Mas isso também é pauta para uma outra postagem. 
 
  Voltando aos questionamentos que me fizeram escrever esta postagem, vou repassar todos os pontos que a colega teve dúvidas referente à vaga e as minhas dicas... Vamos lá!


  •   Pergunta 1 - Tem que comprovar experiência na carteira?
  Alguns contratantes exigem experiência comprovada, seja por registro em carteira ou contrato de serviço, mas para o recém-formado, isso acaba sendo um empecilho, então o que fazer?
  Simples: a suas atividades práticas contam como vivência na área. E a vivência também é uma experiência.

  O que aconselhei à minha colega (a vaga não pedia experiência, mas ela não sabia e perguntou) e é a dica que dou à vocês: sejam honestos e diretos. Um currículo seguido de uma apresentação ajuda muito nesses casos. Desde as minhas primeiras experiências profissionais há uns anos, eu já tinha este hábito e me auxiliou muito, porque nos ajuda a dizer o que somos, quem somos, nosso diferencial e pontos importantes que não sabemos como encaixar em um modelo de texto tão técnico como o currículo. Experimente falar sobre a sua experiência prática ainda em formação! Por exemplo:

  "Possuo vivência nas práticas faciais e corporais, com carga horária de XXX horas, na clínica do curso/faculdade, na qual realizei diversos serviços em modelos voluntárias. Minhas atividades incluem intensa aplicação de todo o conteúdo teórico e tive bom desempenho realizando Drenagem Linfática, Massagem Modeladora, Limpeza Facial Profunda, Clareamento Facial... (descrever seus bons desempenhos), na qual compõem minha experiência na área. Domino a utilização de aparelhos como Ultrassom, Radiofrequência, Ultracavitação, Criolipólise... (citar os aparelhos que possui conhecimento ou domínio). "
 Depois, finalize com algo otimista, se referindo à vaga. Pode ser: "Desejo participar do processo seletivo para este cargo", "Tenho grande interesse em trabalhar com a equipe de vocês" este, caso você saiba qual a empresa, do contrário, pareceria um "puxa-saquismo" desnecessário.

 Entenderam a dica? Uma carta de apresentação pode ajudar a "substituir" a comprovação de experiência, o que despertará a atenção também do recrutador. Ele perceberá que você, além de estar objetivando a vaga com afinco, é uma pessoa articulada, dedicada, que não teme desafios e está preparada para crescer.

  •  Pergunta 2 - Sabe qual é o piso?
 Bom, piso e salário da vaga são duas coisas muito diferentes. Com a regulamentação da Estética, acredito que em breve teremos um piso mais certinho por cada estado (UF). Mas não se prendam a isso, pois sabemos que a realidade nos espaços de beleza é outro. Isso será tema de outro Post também, que já estou preparando para vocês. Quanto ao salário, o correto no RJ é a partir de R$1.300,00 + Comissão, mas volto a repetir, sabemos que a realidade é bem diferente, que a carga horária é mais puxada e que emprego, na maioria das clínicas e espaços de beleza, não inclui os benefícios como VR, AM, AO, entre outros. Atenção! VT (Vale transporte) é um benefício obrigatório por lei! Ou seja, praticamente um direito. Fiquem de olho!
 
  •  Pergunta 3 - Minhas atividades curriculares não tem passagem pela estética, mas eu queria tanto carimbar minha carteira na área. Como fazer? 
 Primeiro de tudo, você agora tem uma nova profissão e é normal que recém formados não tenham passagem pela nova atividade. Mas o que podemos tirar das suas práticas passadas? Atendimento ao cliente? Vendas? Gestão?
 Qualquer emprego que envolva lidar diretamente com pessoas, já é um ponto positivo para se candidatar à clínicas de estética, principalmente vendas (sabemos que na prática, alguns lugares obrigam os seus funcionários a venderem pacotes, produtos... Unf! Pauta para um próximo Post! Vou anotar aqui! ). Trabalhou em escritório? Não há problemas. O que podemos aproveitar de sua experiência? Pense com cautela e coloque como tópicos no seu currículo. Por exemplo, antes de trabalhar com Estética, eu fui Analista de Planejamento. Nada a ver com a área. Mas o que eu aproveitei dele? Simples:

 Empresa X - Analista de Planejamento - De 20xx à 20xx.
 - Gestão de Equipe de atendimento (se for uma empresa grande e com filiais, pode gostar de ter um profissional que tenha experiência em gestão)
 - Experiência com Excel e apresentação de resultados (Isso ajuda uma empresa de todos os tamanhos, tanto a que está iniciando e precisa de auxílio no gerenciamento dela, quanto as grandes que podem precisar de um gerente de unidade. Então, vale a pena citar coisas que possam ser aproveitadas na sua nova profissão).

 Mas minhas atividades incluem coisas que eu não posso aproveitar. Então, capriche na sua Apresentação Pessoal! Após informar sua formação, com a carta de apresentação, diga quem você é para o recrutador! Por exemplo: 

 "Sou polivalente, esforçada e responsável. Possuo garra, determinação e estou sempre me reciclando na área, buscando o que há de novo no mercado. Tenho facilidade com vendas, sou pontual e domino diversas técnicas, nas quais eu explico pacientemente para cada cliente todo o processo a ser executado. Desejo agregar minha dedicação à área estética e crescer junto com a empresa"! 

 Descrever brevemente quem você é e quais são os seus objetivos, pode causar uma ÓTIMA Primeira impressão!
 Em breve, na "Série: Me formei e agora?", publicarei mais postagens com os temas que mais geram dúvidas no mercado: "Como montar um currículo", "Minha Primeira experiência", "Esteticista com MEI ou carteira assinada?", "Prestador de Serviços ME de Beleza - Como recebe?", entre outras que estou formulando. 

 Vou me esforçar um pouco mais para não dar um espaço de tempo muito grande entre uma postagem e outra. Para quem gosta, quer acompanhar ou conhecer a dieta LOW CARB, vale a pena acompanhar por aqui, pelo Facebook e pelo Instagram:

 No Instagram: @misales_
 Quer enviar sugestões de postagens, dúvidas, comentários, desabafos e elogios: contato.milenasales@hotmail.com

 Fique de olho e me acompanhe! Espero que tenha gostado do tema de hoje! Me escreva!!! Ou comente aqui embaixo, quero ler você!!!

 Beijos,

 Mi Sales.

You Might Also Like

1 comentários

Quem sou eu

Minha foto
Esteticista, Terapeuta e Graduanda em Biomedicina. Apaixonada por Jesus, livros, estética, ciências, músicas e fotografias. Nascida no RJ e amante da cidade Maravilhosa. Este blog é para compartilhar informações sobre Beleza e Saúde.

Curta no Facebook

Entre em Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Loja Virtual da Milena

Loja Virtual da Milena
Clique no Carrinho Rosa e siga para a Loja Virtual

Subscribe